A melhor e a pior comida do mundo

Temas: Atitude, Sociedade, Todas Faça um comentário
L. Roberto Silvado, utilizando a adaptação feita por Pedro Bandeira de trecho da peça teatral "A raposa e as uvas",de Guilherme de Figueiredo

a-melhor-e-a-pior-comida-do-mundoHá mais de dois mil anos, um rico mercador grego tinha um escravo chamado Esopo. Um escravo corcunda, feio, mas de sabedoria única no mundo. Certa vez, para provar as qualidades de seu escravo, o mercador ordenou:

Toma, Esopo. Aqui está esta sacola de moedas. Corre ao mercado. Compra lá o que houver de melhor para um banquete. A melhor comida do mundo!

Pouco tempo depois, Esopo voltou do mercado e colocou sobre a mesa um prato coberto por fino pano de linho. O mercador levantou o paninho e ficou surpreso:

Ah, língua? Nada como a boa língua que os pastores gregos sabem tão bem preparar. Mas por que escolheste exatamente a língua como a melhor comida do mundo?

O escravo de olhos baixos, explicou sua escolha:

O que há de melhor do que a língua, senhor? A língua é que nos une a todos, quando falamos. Sem a língua não poderíamos nos entender. A língua é a chave das ciências, o órgão da verdade e da razão. Graças à língua é que se constróem as cidades, graças à língua podemos dizer o nosso amor. A língua é o órgão do carinho, da ternura, do amor, da compreensão. É a língua que torna eterno os versos dos grandes poetas, as idéias dos grandes escritores. Com a língua se ensina, se persuade, se instrui, se reza, se explica, se canta, se descreve, se elogia, se demonstra, se afirma. Com a língua dizemos “mãe”, “querida” e “Deus”. Com a língua dizemos “sim”. Com a língua dizemos “eu te amo”! O que pode haver de melhor do que a língua, senhor?

O mercador levantou-se entusiasmado:

Muito bem, Esopo! Realmente tu me trouxeste o que há de melhor. Toma agora esta outra sacola de moedas. Vai de novo ao mercado e traz o que houver de pior, pois quero ver a tua sabedoria.

Mais uma vez, depois de algum tempo, o escravo Esopo voltou do mercado trazendo um prato coberto por um pano. O mercador recebeu-o com um sorriso:

Hum… já sei o que há de melhor. Vejamos agora o que há de pior…

O mercador descobriu o prato e ficou indignado:

O quê?! Língua? Língua outra vez? Língua? Não disseste que a língua era o que havia de melhor? Queres ser açoitado?

Esopo encarou o mercador e respondeu:

A língua, senhor, é o que há de pior no mundo. É a fonte de todas as intrigas, o início de todos os processos, a mãe de todas as discussões. É a língua que separa a humanidade, que divide os povos. É a língua que usam os maus políticos quando querem nos enganar com suas falsas promessas. É a língua que usam os vigaristas quando querem trapacear. A língua é o órgão da mentira, da discórdia, dos desentendimentos, das guerras, da exploração. É a língua que mente, que esconde, que engana, que explora, que blasfema, que insulta, que se acovarda, que mendiga, que xinga, que bajula, que destrói, que calunia, que vende, que seduz, que corrompe. Com a língua, dizemos “morre”, “canalha” e “demônio”. Com a língua dizemos “não”. Com a língua dizemos “eu te odeio”! Aí está, senhor, porque a língua é a pior e a melhor de todas as coisas!

“Não se enganem; não sejam apenas ouvintes dessa mensagem, mas ponham em prática o que ela manda….Alguém pensa que é religioso? Se não souber controlar a sua língua, a sua religião não vale nada, e ele está enganando a si mesmo. Para Deus, o Pai, a religião pura e verdadeira é esta: ajudar os órfãos e as viúvas nas suas aflições e não se manchar com as coisas más deste mundo.”

Vamos usar as nossas palavras, comentários e observações para abençoar, estimular e animar aqueles que estão ao nosso redor? Como você abençoará alguém através das suas palavras durante o dia de hoje? Faça isto e você descobrirá a benção de Deus sobre a sua vida.

“A resposta calma desvia a fúria, mas a palavra ríspida desperta a ira.”
Bíblia, livro de Provérbios, capítulo 15 verso 1

Texto Bíblico Utilizado: Tiago 1:22,26,27, Provérbios 15:1

Enviar esta mensagem por email Enviar esta mensagem por email

11 comentários para “A melhor e a pior comida do mundo”

  1. Elza Aldeias disse:

    Gostei muito, este texto fala de uma verdade muito profunda.
    A lingua abençoa e amaldiçoa a vida das pessoas.
    Um abraço a todos do voces

  2. Jhayssanni disse:

    eu li este texto uma vez na escola já faz muuuuito tempo mas sempre me lembrei dele pq achei ele muito interessante…
    é bom para se refletir

  3. tania maria disse:

    um abraço a todos vcs, e parabéns pela matéria, muito interessante e verdadeiro.

  4. ana lúcia disse:

    Como algo, pode ser tão bom e tão ruim ao mesmo tempo, gostei muito, nos passa uma mensagem linda. bjs a todos.

  5. Nichollas Santos disse:

    O texto é bom para se pensar.Todos devemos fazer o certo com nossa língua

  6. Cesar disse:

    Ótima dica de texto… eu já o conhecia de algum lugar, creio ter lido o fragmento em algum livro. A primeira vez que ali achei genial.

  7. RENATO SOARES DE ALBUQUERQUE disse:

    Este comentario é muito proprio para os dia de hoje onde os povos de todas as nações, estão lutando por uma união mundial,onde sem duvida nenhuma foi separada pela lingua a começar por Abel e Caim. onde Caim pensou que estivesse apresentando o melhor para DEUS, criticando o seu irmão Abel e no entanto DEUS deu preferencia a oferta de Abel,e, muitas outras passagens até chegar em JESUS, quando judas por trinta moedas entregou JESUS que acabou sendo crucificado,e, como não bastasse ainda tem a istoria de Paulo, que pela lingua levou muitos seguidores do senhor JESUS à prisão, onde muitos foram mortos. Bem meus amigos, quem sabe se houvesse um curso em que fosse ensinado ao povo como utilizar melhor a lingua, provavelmente o mundo seria bem diferente, e a lingua teria uma outra versão, a primeira apresentada por Esopo o mercador, voces leitores concordam comigo? caso negativo, me critiquem ou acrescente mais comentario sobre o assunto. QUANDO SE BUSCA A DEUS COM O CORAÇÃO, CERTAMENTE ESTAMOS BUSCANDO NADA MAIS DO QUE SABEDORIA.

  8. henrique disse:

    muito interesante

  9. Lene Beltrão disse:

    Muito bom o texto… Tornei-me mais uma vez ciente que a língua tem o poder de abençoar e também de amaldiçoar. Que possamos refletir sobre isso e tomar cuidado com nossas palavras e atitudes.

  10. tamiris disse:

    gostei

  11. mariana berbet disse:

    E bonito saber que pessoas fazem o mindo mais…
    BONITO!!!

Deixe um comentário

WP Theme & Icons by N.Design Studio
RSS das mensagens RSS dos comentários Log in